.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Polícia Militar de Formosa se destaca na Região Metropolitana de Brasília


Major Moura

Por: Walter Brito

O batalhão da Polícia Militar de Formosa – GO, sob o comando do major Moura, vem se destacando de forma altamente positiva em relação aos 22 municípios que circundam Brasília. Formosa localiza-se a 80 km do Palácio do Planalto e tem acesso ao DF pela BR 020, trecho que foi duplicado nos últimos anos, por meio de recursos do Governo Federal e o interesse do deputado federal de Goiás, Pedro Chaves, que acompanhou a obra desde o projeto inicial, passando pela liberação dos recursos financeiros e a finalização da obra. No que se refere a segurança pública, a Região do Entorno de Brasília é considerada uma das mais violentas e problemáticas do país. Alguns críticos pessimistas, são categóricos em afirmar que num futuro próximo, a região poderá virar uma “Baixada Fluminense”. Entretanto, de acordo com pesquisas e conhecedores da segurança pública na cidade de Formosa, cujo batalhão da PM é composto por 250 policiais, a cidade é uma das mais seguras de Goiás e se destaca na Região Metropolitana de Brasília pela presteza da maioria de seus policiais. Vale lembrar que, de acordo com pesquisas do Instituto Directa/ O Parlamento, a saúde pública e a segurança são os maiores problemas que afligem a RIDE (Região Integrada de Desenvolvimento do Entorno), que é formada pelos seguintes municípios: Abadiânia (GO), Água Fria de Goiás (GO), Águas Lindas de Goiás (GO), Alexânia (GO), Cabeceiras (GO), Cidade Ocidental (GO), Cocalzinho de Goiás (GO), Corumbá de Goiás (GO), Cristalina (GO), Formosa(GO), Luziânia (GO), Mimoso de Goiás (GO), Novo Gama (GO), Padre Bernardo (GO), Pirenópolis(GO), Planaltina (GO), Santo Antônio do Descoberto (GO), Valparaíso de Goiás (GO),Vila Boa (GO), Buritis (MG), Cabeceira Grande (MG), Unaí (MG). Apesar das dificuldades da segurança na RIDE, a cidade de Formosa tem sido um diferencial entre a maioria dos municípios que circundam a capital brasileira. Abaixo, um exemplo importante,que envolveu a participação da Polícia Militar da cidade e comoveu seus moradores.

Policial entra na fogueira para salvar uma vida


Policial Roberto Sousa, João Gonçalo e policial Francisco Rodrigo

Recentemente ocorreu um fato inusitado na cidade de Formosa. Trata-se de um incêndio no Bairro Jardim Califórnia. Na ausência do corpo de bombeiros, a vítima foi socorrida pelo policial militar Roberto de Sousa Ataíde, 34 anos. O fato ocorreu na residência da vítima, o senhor João Gonçalo de Araújo, que ao limpar o seu quintal, jogou os resíduos num terreno baldio nas proximidades da referida residência e em seguida ateou fogo. Devido a secura do matagal naquela localidade, o fogo se alastrou. Na tentativa de apagar o incêndio, o senhor João de 64 anos, escorregou dentro da fogueira e sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau. O policial Roberto foi acionado pela esposa da vítima e entrou no lixão em chamas conseguindo salvar a vida do seu Araújo, que foi imediatamente conduzido ao hospital municipal.


Queimaduras de segundo e terceiro grau

Procurado pela reportagem do Diário da Manhã, o soldado Roberto de Sousa confirmou: “A viatura da Polícia Militar de Formosa, onde eu estava de serviço e em patrulhamento pela Rua Heitor Vila Lobos, passava pela localidade do incêndio, quando avistamos uma senhora desesperada pedindo por socorro. Segundo ela, o seu marido teria recolhido o lixo do quintal e levou para um lote baldio nas imediações para ser queimado. Entretanto, ele não teve controle do fogo, o que se alastrou rapidamente pela vegetação. Com o intuito de se retirar do local e apavorado com o fogaréu, tropeçou numa árvore e caiu em entre as chamas. De idade avançada, o senhor João Gonçalo Araújo, estava com muita dificuldade de locomoção e não conseguiu se levantar. Não pensamos duas vezes e entramos entre as chamas e a fumaça. Além do perigo, o acesso era muito difícil, mas, arriscamos para salvar uma vida. Encontramos o seu João semi-inconsciente. Com a ajuda do policial Francisco Rodrigo da Silva, conseguimos retirar a vítima do fogaréu e a colocamos na calçada. Imediatamente chegou a viatura da guarda municipal, quando foi acionado o SAMU, oportunidade em que conduzimos o acidentado ao hospital municipal. Com o apoio do corpo de bombeiros que chegou em seguida, conseguimos apagar o fogo. O ocorrido não sai de minha lembrança pelo alto risco que corremos, entretanto, o resultado final nos dá uma enorme satisfação, pela salvação do seu João Araújo”, concluiu.

Um comentário: