.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Abadiânia é o carro-chefe da sucessão no Entorno do DF, em 2016

José Diniz é chefe de gabinete do deputado Renan Filho. (Renan foi eleito governador de Alagoas)

Por: Walter Brito

O ano de 2015 que se aproxima, começará definindo diversas candidaturas a prefeito e vereadores na Região Metropolitana de Brasília. Formada por 22 municípios, dos quais 19 são de Goiás e três de Minas, grande parte já tem pré-candidatos, com vistas à disputa de 2016.

Abadiânia, cidade que ficou famosa pela presença de médium João de Deus, desponta como cidade turística e tem sua economia baseada também na agropecuária. Distante 90 km de Goiânia e 100 km de Brasília, o município não recebeu grandes investimentos nos últimos tempos;  nem do Governo Federal e muito menos do Estado de Goiás. As duas obras com recursos do Governo Federal existentes, foram empenhadas em 2009, mas não foram concluídas. A falta de obras efetivas do Governo Federal, deve-se principalmente,pela falta de projetos consistentes e, apresentados pelo poder público municipal nos diversos Ministérios. Os projetos precisam ser bem elaborados e convencer os técnicos da área federal, para investimentos na saúde, transporte, educação e segurança pública.

Em vistas disso, a reportagem entrevistou o funcionário público e morador da cidade, José Diniz, interessado no desenvolvimento pleno de Abadiânia, localizada na Região Metropolitana de Brasília. Ele falou sobre um grande evento ocorrido no município, que é a cavalgada de Abadiânia. Diniz opinou também, sobre as perspectivas de desenvolvimento da região e as eleições de 2016: “A cavalgada de Abadiânia atraiu pessoas de toda a região, bem como dos nossos vizinhos de Anápolis e Goiânia. Este ano, o evento teve início na sede do Município, e terminou na Fazenda Cela de Ouro, distante 18 km. Tivemos a participação aproximadamente de 300 cavaleiros e amazonas, que ajudaram a manter a nossa tradição. É claro que nem todos conseguiram chegar até o final do percurso, por falta de costume de cavalgar. Mesmo assim, os que não conseguiram, tiveram o apoio de trailers que permaneceram de prontidão para o atendimento de tais eventualidades. Ao final, o evento foi coroado de sucesso e atendeu as expectativas dos organizadores e da população de nossa cidade”, disse.

Referente ao desenvolvimento de Abadiânia, Diniz afirmou: “Sou oposição ao atual prefeito, mas oposição feita de forma responsável. Tudo que estiver ao meu alcance, procurarei ajudar, no sentido de favorecer os nossos munícipes. Entretanto, sabemos que a solução para o desenvolvimento de um munícipio como o nosso, são os recursos do Governo Federal, por meio da apresentação de projetos. Infelizmente, a cidade não foi contemplada com as obras que a sua população almeja e merece”, arrematou.

Diniz é filiado ao PSB, e caminha firme rumo à disputa da prefeitura de Abadiânia em 2016. Amigo da ex-candidata à presidência da República, Marina Silva, ele é chefe de gabinete do deputado federal, Renan Filho, eleito governador de Alagoas. Ao que tudo indica, diversos segmentos da população de Abadiânia pretendem apoiar Diniz na disputa para a prefeitura. Ele confirmou que apresentará o seu nome na convenção do PSB e continuará lutando pelo desenvolvimento pleno de sua cidade.


Outros pré-candidatos cotados para disputar eleição na Região do Entorno de Brasília e grande Goiânia, são: Alexandre Baldy em Anápolis; Delegado Valdir Soares (PSDB) em Aparecida de Goiânia; Itamar Barreto (PSD) ou Tião Caroço (sem partido) em Formosa. Outro candidato já lançado pelo PMDB em Formosa, trata-se do deputado estadual eleito, Ernesto Roller (PMDB). Em Formosa, corre por fora também, o empresário Coalhada, filiado ao PMDB. Na cidade de Cristalina, despontam três nomes: Marcelo Pezão (PTN); Marquinho Abrão pelo PPS e Diego Sorgato pelo PSD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário