.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Pelé sai do hospital e concede entrevista coletiva








 

O 'Rei Pelé' concedeu coletiva de imprensa no auditório do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Recuperado de problemas renais, que levaram o ex-jogador até para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o mesmo já está de alta e poderá ir para casa. O pedido para acontecer a coletiva partiu do próprio 'Rei do Futebol'. Em sua primeira fala, o ex-jogador iniciou: "Primeiro quero agradecer a equipe médica que me acompanhou nestas duas semanas". E continuou: "Graças a Deus estou bem e recuperado. Não podia deixar de agradecer a Deus e a todos aqueles me mandaram mensagens. Tive mensagem da China, do Paquistão, de quase todos os países da Europa. E principalmente os brasileiros, que sempre me apoiaram", disse. E, ainda sobrou espaço para uma brincadeira de Pelé:

"Podem estar certos que já estou me preparando para a Olimpíada", brincou. Com muito bom humor, o ex-atleta do Santos comentou quando começou a sentir os sintomas da infecção urinária: "Eu tive alguns calafrios e era uma coisa que já tinha sentido outras vezes, e não sabia que era um infecção.

Estava me preparando uma tarde de autógrafos no Museu, e achei que fosse passar logo. Fiquei preocupado, claro. Se me perguntarem se fiquei com medo de morrer, isso não. Sou um homem de Três Corações (MG)" "Comecei a avaliar alguma coisa que nunca tinha acontecido na minha vida: nunca tinha sentido isso, coincidiu com um período complicado para mim. Tive a operação no fêmur, teve o problema de pedra no rim. Falei: "Opa, acho que Deus está esquecendo de mim". Em trinta anos de carreira, viajando o tempo todo, nunca tinha acontecido algo assim, uma em cima da outra."

Já sobre a cirurgia que retirou um rim do Rei, há trinta anos mais ou menos, Pelé declarou: "Sobre a cirurgia que retirou um de seus rins, há cerca de 30 anos: "Eu tive uma fratura aqui no Brasil, uma joelhada que levei na 12ª vértebra. Um trauma ainda no Santos, e perfurou o rim. Quando fui para o Cosmos, comecei a sentir alguma febre e o médico falou que eu estava jogando há um tempão com um rim só, um não funcionava. Fiz a cirurgia em Nova York, por isso ninguém soube"

Ele que comentou que vai se recuperar em São Paulo, finalizou dizendo que estará nas Olimpíadas: "Quero só lembrar que para a Olimpíada podem jogar três profissionais (acima de 23 anos). Eu sou um deles".

Fonte: FutNet

Nenhum comentário:

Postar um comentário