Desde que comprou a luxuosa propriedade Villa Olleandra, situada no Lago Como, Itália, em 2002, George Clooney não conseguiu ter privacidade devido à curiosidade dos paparazzi. Para tentar combater os olhares indiscretos, o ator, de 54 anos, decidiu comprar uma a mansão vizinha, Villa Marguerita, e até pediu ao amigo Roberto Pozzi, presidente da Câmara Municipal de Laglio, para emitir um decreto-lei que proibisse qualquer pessoa de se aproximar do local.  
A rubrica Page Six do jornal New York Post avança agora que o galã de Hollywood está a estudar uma proposta de compra da residência no valor de 90 milhões de euros. "O George adora essa zona e as pessoas que vivem lá, mas está consciente da atenção que atrai cada vez que está por lá. Ele recebeu uma proposta enorme pela compra da villa, que está a avaliar, e considera comprar outra propriedade de acesso mais difícil, noutra parte de Itália", disse uma fonte. 
Recorde-se que, em 2002, o marido de Amal Clooney adquirou a villa à família Heinz por 7,5 milhões de euros.