.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Adib Elias lança Kajuru para vereador no PMDB!

Jorge Kajuru


Por: Walter Brito

A casa mais famosa do PMDB em Goiânia localizada na T9 no setor Bueno, teve ontem dia 20/08, um de seus dias mais movimentados em 2015. Percebi que o velho cacique do partido de Ulisses Guimarães, o ex-prefeito e ex-governador Iris Rezende, está com tudo e não está prosa. Primeiro colocado nas pesquisas para prefeito de Goiânia, ele dá uma de mineiro e dificilmente fala com a imprensa. Para cada jornalista presente por lá na manhã de ontem, ele cumprimentou com seu sorriso largo, um aperto de mão e abraços nos mais conhecidos. Para nenhum ele falou de seu projeto político. Quando chegou minha vez, ele mandou um abraço para meus irmãos que foram prefeitos, se desvencilhou da pergunta e adiantou: “Quando os seus irmãos: Wagner e Waldir foram prefeitos em Flores de Goiás e Vila Boa, eu obtive para governador de Goiás, quase 90% dos votos em cada um dos dois municípios. Lá em Flores estenderam-me um tapete vermelho. Não esqueço daquilo”, concluiu.

Contudo, nas duas horas que passei por lá, até ser atendido pelo ilustre peemedebista, Iris recebeu 62 lideranças de oito bairros. Todos tinham suas reivindicações, as quais eram atendidas na hora, inclusive dezenas de pedidos de fotografias. Os pedidos mais complicados os assessores davam um jeito e encontravam sempre o melhor caminho, para não deixar ninguém sair insatisfeito com o pré-candidato a prefeito de Goiânia. De acordo com informação de um correligionário, morador do setor Pedro Ludovico e pré-candidato a vereador, o Iris contou a história de sempre, antes da reunião de seu grupo: “ Fui presidente do diretório estudantil do Liceu em Goiânia, vereador e prefeito por três mandatos de nossa capital. Fui deputado estadual, o mais votado e, governador por dois mandatos. Fui senador, ministro da Agricultura e da Justiça. Ele finaliza dando ênfase ao seguinte: Todos às vezes que disputei um mandato eletivo, o fiz com recursos modestos. Já fiz campanha até de carroça”, confidenciou.

Marquinho Goiá, suplente de vereador pelo PMDB, quando obteve cerca de 3 mil votos, também apareceu para dar um abraço no dublê de atleta e político. Aos 82 anos, Iris participa de algumas maratonas, que são preparatórias para a campanha que se aproxima. Goiá disse que é católico praticante, por isso se fundamenta nas palavras do Papa Paulo VI para seguir na política: “É por meio da política que se consegue exercer de forma efetiva a caridade”. O líder do bairro Goiá também deu um depoimento sobre o pré-candidato a prefeito pelo PMDB: “Lembro-me que em 1969, nos últimos dias de seu mandato, quando foi cassado pela ditadura, o Iris Rezende me tirou das margens do córrego Capim Puba, um sofrimento terrível e, nos deu uma casa no bairro Goiá, onde resido até hoje. Milhares de pessoas receberam o mesmo benefício que eu. Por isso, e, outros feitos relevantes a favor do povo, Rezende será aclamado prefeito de Goiânia pela quarta vez em 2016”

Além do deputado estadual José Nelto (PMDB), que apareceu por lá na manhã de quinta-feira, se portando de forma discreta; esteve também com o Iris, o mais polêmico jornalista e apresentador da televisão, o Jorge Kajuru. Vale lembrar que Kajuru tentou ser deputado federal em 2014 e não deu. Contudo ele obteve 106 mil votos e, percentual significativo foi obtido em Goiânia. Entrevistado pela reportagem o deputado estadual do PMDB, que lidera as pesquisas para prefeito em Catalão, o doutor Adib Elias disse o seguinte, sobre a possibilidade de Kajuru se candidatar a vereador em Goiânia: “ Sou amigo e fã de Jorge Kajuru há mais de 20 anos. Participei ativamente de seu programa na famosa Rádio K, nos anos: 95, 96 e 97. Fui eu quem o incentivou a se candidatar para uma vaga na câmara de vereadores de Goiânia pelo PMDB. Eu aprovo sua vinda para o nosso partido e não tenho dúvidas, ele será o vereador mais votado da história política de Goiânia. Com ele, se elegem mais três ou quatro vereadores”, disse Adib. Questionado sobre a possibilidade de ser o efeito Tiririca, o deputado rebateu: “De forma alguma. Não tem comparação nesse sentido. O Kajuru é altamente preparado. Trata-se de um homem inteligente e que já fez muito pela comunicação de nosso país. Será um orgulho tê-lo como vereador e futuramente deputado federal pelo PMDB”, concluiu Adib.

Analistas de plantão na Assembléia Legislativa de Goiás acreditam que, a candidatura de Kajuru mexe com o jogo sucessório em Goiânia e, poderá impedir que a capital de todos os goianos tenha segundo turno nas eleições municipais. Um parlamentar mais entusiasmado e direto, disse: “ Com Kajuru vereador pelo PMDB, o Iris Rezende ganha no primeiro turno o comando do Paço Municipal de Goiânia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário