.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Adriana Accorsi nas entrelinhas!

por: Walter brito                   
 
A capital de todos os goianos é conservadora, mas poderá mudar radicalmente o seu comportamento nas eleições que se aproximam, pois Adriana vem aí! Falei algo semelhante seis meses antes das eleições no Amazonas em 2014; quando José Melo (PROS) tinha 7% de intenção de votos e o então líder da presidenta Dilma, o senador e hoje ministro das Minas e Energias,  Eduardo Braga (PMDB) tinha 64%.  No mesmo instante  tentei convencer o ex-senador Gim Argello (PTB) a se candidatar a deputado federal, pois seria derrotado pelo Reguffe. A conversa se deu no gabinete do então senador brasiliense, com a presença dele e, do senador Eduardo Braga.
Braga saiu como um leão raivoso do gabinete, enquanto que o senador brasiliense disse: “Eu não vou perder, pois vou reverter o  quadro que  me é desfavorável; agora com o Dudu (apelido de Eduardo Braga no Senado), você exagerou, ele vai ganhar no primeiro turno”, arrematou. Naquele mesmo dia, 10/04/2014, eu postei a matéria: “A Virada de José Melo no Amazonas”, no site: www. saopaulonasentrelinhas.com.br. Em seguida mudei para o Amazonas, quando acompanhei o Melo por toda periferia de Manaus e algumas cidades do Interior.
O Melo venceu no primeiro e segundo turno. No último debate do segundo turno, realizado na Rede Amazônica, eu fui um dos primeiros a me encontrar com Eduardo Braga, em sua granfina camisa de linho italiano branco;  no estúdio da emissora afiliada da TV Globo.
Eu o cumprimentei e ele deu um sorriso amarelo e disse: “Eu vou ganhar”. Perdeu o debate, pois se mostrou muito arrogante e, perdeu a eleição. Melo obteve 55,54% dos votos válidos. Agora Braga tenta ganhar no tapetão, o terceiro turno. goiânia é conhecida como capital da música sertaneja! Voltando à Goiânia, que é conhecida como a capital da música sertaneja,   para Zeca Camargo é uma cidade subdesenvolvida.
 O rei  Roberto Carlos,  no passado disse que é uma fazenda asfaltada. Tanto o Zeca, quanto o Roberto estão equivocados, pois a cidade é considerada uma das melhores para se viver. Um levantamento realizado pela Delta Economics & Finance elegeu Santos, no litoral paulista, a melhor cidade brasileira para se morar. A cidade goiana com melhor posição no ranking que conta com 100 cidades é Goiânia, que ficou em 24º lugar.
Um estudo inédito do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostra que Goiânia é a capital brasileira com os melhores índices de infraestrutura urbana no entorno dos domicílios consultados para o Censo Demográfico de 2014. Entretanto, ainda existem na cidade alguns resquícios de conservadorismo, que muitas vezes atrapalham o desenvolvimento. Recentemente a mídia goiana tentou diminuir a importância do empreendimento imobiliário Nexus, que na verdade será uma pequena cidade do primeiro mundo, no centro da capital goiana. o conservadorismo não terá espaço na próxima eleição
Talvez por essa e outras razões, o conservadorismo não tenha mais tanto espaço em Goiânia como antigamente. O Iris Rezende,  por exemplo, que é um representante autêntico do conservadorismo de hoje, aos 82 anos de idade lidera todas as pesquisas para prefeito e ameaça ganhar a eleição para o Paço Municipal no primeiro turno. Entretanto, eu acredito que a cena ocorrida há dezoito anos na disputa do governo de Goiás, se repetirá na cidade de Goiânia em outubro próximo: O Iris perderá novamente! Vejam bem o que penso: Dos candidatos do governador Marconi Perillo, os mais prováveis para disputar o pleito são: Jaime Rincon e Delegado Waldir, ambos do PSDB. Nenhum dos dois é de chegada! Rincom tem fama de tocador de obras, mas é o faz tudo de Marconi e poderá se enrolar no final. O delegado Waldir é depois de Iris o nome mais popular atualmente em Goiânia. Na região metropolitana da capital goiana, ele ganharia do Iris.
 Poderia inclusive, sair candidato a prefeito em muitas cidades, que venceria a eleição.  Mais claro, ele não é bobo e,  quer ser o prefeito da capital. Contudo a população goianiense ainda teme uma possível gestão do delegado. Isto é fato! Por outro lado a pré-candidatura de Isaura Lemos (PCdoB) tem o objetivo de somar com um projeto de esquerda no segundo turno. O de Bittencourt (PTB), a mesma coisa; contudo, ele deve apoiar um candidato conservador no segundo turno. vanderlan Cardoso é bom, mas não empolga! O empresário de sucesso Vanderlan Cardoso (PSB), a meu ver seria o melhor gestor para Goiânia. Não é conservador e nem moderno demais. Ele está à frente do projeto do passado de Iris e não tem os arroubos do delegado Waldir, que parte da população não aceita. Vale ressaltar que,  o Vanderlan é muito certinho e seu discurso não empolga. Sua campanha deverá se dar de forma extremamente profissional e sem o jogo de cintura, que muitas vezes a política exige. Vanderlan não obedece a marqueteiro e sim, a orientação do empresário que ele sempre foi. Por tudo isso, sua votação tem teto limitado.
Ele terá dificuldades  de ir para o segundo turno! Adriana vai superar o delegado Waldir: no discurso da Segurança pública e nos votos! A violência que domina o mundo e o Brasil, já chegou a Goiás e com muita força os bandidos roubam à luz do dia e a noite também: Saqueiam, assaltam e matam goianos e goianas sem piedade. Recentemente a dona Deijanira Carvalho de Brito  de 91 anos, porteira de escola aposentada em  Formosa,  no Entorno de Brasília,  foi amordaçada, amarrada e teve a casa saqueada. O Entorno de Brasília superou e muito, a violência que se dá na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.
 A Delegada e deputada estadual do PT, Adriana Accorsi é uma mistura de Ordem na Casa, com um discurso social moderno e arrojado e, a favor de todos os segmentos da sociedade de forma equilibrada. Ela atua na vida pública, de forma ampla:  onde brancos, índios, negros, orientais, são todos contemplados. Adriana já mostrou isso por onde trabalhou e o mesmo discurso carregou para o parlamento goiano e,  promete levar para o Paço Municipal de Goiânia. Filha do único prefeito progressista que Goiânia teve, o seu pai Darci foi o prefeito mais bem avaliado do país no seu tempo. A filha o imita muito bem em sua pos enérgica, o seu carinho pela educação e pelos projetos sociais.
 Sábia, ela  fatura o que é positivo no  seu partido, o PT da presidenta Dilma. Parecida com o velho caudilho, Leonel Brizola,  ao falar sobre educação e a questão racial.  A deputada tem raciocínio rápido e conhecimento geral elevado. Por isso,   Adriana levará vantagem nos debates,  na sua candidatura para prefeita de Goiânia. De todos os pré-candidatos ao Paço Municipal de Goiânia, a petista Adriana Accorsi tem a menor rejeição. O mesmo que ocorreu com Marconi Perillo em 1998, quando ele tinha baixa rejeição e sua pontuação de intenção de votos era 2%, enquanto Iris tinha 80% nesse quesito.  A rejeição do Iris era muito grande, como também tem alta rejeição para prefeito de Goiânia e boa aceitação. Acredito firmemente, que o apelo forte de Adriana nas questões sociais, o seu discurso eloquente na defesa da segurança pública; certamente roubarão votos preciosos e cativos do delegado Waldir e,  disputará  o segundo turno das eleições de Goiânia contra Iris Rezende. Se assumir o comando do Palácio das Esmeraldas, Adriana Accorsi poderá se tornar um das  grandes  lideranças das mulheres e da nova esquerda no País. Acredito!
Adriana tem os gestos parecidos com seu pai, Darci Accorsi: Único prefeito progressita de Goiânia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário