.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Anápolis não poderá ser sacrificada pelos problemas nacionais: diz João Gomes!

Por: Walter Brito

Prefeito João Gomes - Anápolis



A cidade de 400 mil habitantes e considerada o entroncamento do Brasil: decidirá o seu destino no próximo domingo, dia 30 de outubro. De olho em seu potencial; empresários de diversas partes do país e do mundo. A cidade que detém o segundo PIB de Goiás avança a passos largos, ao tempo em que se torna opção de empresas nacionais e internacionais, que pretendem fazer investimentos em médio e longo prazo.
A gigante belga Gerresheimer, que se destaca mundialmente na produção de embalagens para o setor farmacêutico; promete criar 750 empregos diretos na Manchester do Centro-Oeste brasileiro.  A multinacional investirá 180 milhões a partir de 2017 em Anápolis, o que é apenas um dos exemplos na cidade que se prepara para inaugurar o seu aeroporto de cargas.
Com 109 anos e um PIB de 13 bilhões de reais, Anápolis fica a 50 km do Palácio das Esmeraldas e outros 140 km do Palácio do Planalto. Lembrando ainda, que a cidade é pai e mãe de Goiânia que completou 83 anos esta semana e Brasília, que no dia 21 de abril de 2017 completará 56 anos. Neste sentido, Anápolis é a cidade mais influente no trecho de ouro da BR 060, entre Brasília e Goiânia, cujo Produto Interno Bruto- PIB é de 300 bilhões de reais, ou seja, 1 bilhão e 200 milhões por quilometro. Isto corresponde ao terceiro PIB das regiões metropolitanas do Brasil e só perde para as regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro respectivamente.
Vale lembrar, que São Paulo e Rio de Janeiro já chegaram ao topo do desenvolvimento em suas regiões metropolitanas e não existem mais espaços para crescer. Por isso a grande procura para gerar riquezas na região de Anápolis. Tudo o que estamos relatando, certamente fazia parte do Plano de Metas de Juscelino Kubitschek de Oliveira, quando mudou a capital do país, do Rio de Janeiro para o Centro-Oeste.
Alguns pensadores acreditam, que com a implantação do trem de alta velocidade no mesmo trecho da BR 060- Brasília/ Goiânia, cujo projeto foi duramente criticado pela mídia de São Paulo e Rio e, até apelidaram o projeto de Trem Pequi ou Expresso Pequi. É claro que os pensadores das regiões desenvolvidas, não resistem ver empresários deixando seus estados de origem para investir em lugares aonde o desenvolvimento pleno ainda não chegou.
De outra forma, existe tanto espaço para crescer dos dois lados da Rodovia - BR 060, no trecho Brasília/Anápolis/Goiânia, que entusiastas com o desenvolvimento da região acreditam e sonham com projetos mirabolantes. Entre tais projetos, eu destaco nesta reportagem, o futuro da BR-060, que na imaginação de muitos poderá ser como o mesmo caminho entre: Nova York a Boston (casas dos dois lados da rodovia).
            Qualquer leitor mais atento e por meio das informações acima saberá a razão da disputa tão acirrada para o comando da prefeitura de Anápolis, que arrecada 120 milhões por mês.
            É com está mistura de sonho e realidade que os candidatos João Gomes (PT) e Roberto do Órion (PTB) disputarão os 250 mil votos dos anapolinos.
Na pesquisa do Serpes no dia 15 de outubro, Roberto do Órion obteve 40,1% de intenção de votos, enquanto que João Gomes pontuou com 31,3%. A pesquisa do Instituto Voga, publicada no dia 22 de outubro indicou que João Gomes tinha 51,94% de intenção de votos, enquanto que Roberto do Órion pontuou com 48,05%. Na verdade, apesar da guerra nas pesquisas, encomendadas pelos dois candidatos, no fundo percebemos, que existe um empate técnico e o veredito só virá por meio do povo nas urnas, no domingo dia 30 de outubro.
            Foi com está consciência que na última segunda-feira, dia 24 de outubro, o prefeito João Gomes nos recebeu para uma entrevista exclusiva, que durou uma hora e dez minutos. Veja a íntegra da conversa com João Gomes:

Dois anos e meio como prefeito e cinco anos como vice

            Perguntamos ao prefeito João Gomes sobre os seus anos de poder. Ele de pronto respondeu: “Graças a Deus foi tudo bem. Eu assumi a prefeitura no mês de Abril de 2014, portanto foram dois anos e meio à frente do poder público municipal. Adquiri uma boa experiência como vice-prefeito durante 5 anos e no meu período como prefeito esta experiência se ampliou.  Sou formado em gestão pública pela Universidade Estadual de Goiás, o  que nos ajudou muito. Sou empresário há 32 anos na cidade de Anápolis. Portanto, experiência administrativa é o que não nos falta. Acrescento ainda, que Anápolis vive nos últimos oito anos um de seus melhores momentos, no que se refere a gestão.” Disse.
            Perguntamos também para o candidato do PT sobre a diferença entre administrar uma empresa e uma prefeitura. Ele argumentou: “A diferença é muito grande. Na área privada trata-se de produtos e serviços. Na prefeitura a parte central é o ser humano. Nos relacionamos bem com a população e naturalmente com vidas. Portanto a responsabilidade é muito grande, quando se cuida de uma cidade com 400 mil pessoas e que tem 109 anos de existência. Na gestão pública, as exigências da responsabilidade fiscal são enormes, entretanto, nos últimos oito anos a administração de Anápolis tornou-se referência nacional e tirou nota 10 na transparência.” Arrematou.

Relação do prefeito com o povo

            A reportagem questionou o prefeito sobre a sua relação com a população no dia a dia. João Gomes foi rápido à resposta: “O gestor público tem que gostar de gente, pois isto é fundamental. Ele tem que conviver diariamente com todos os segmentos da sociedade. Vale lembrar que as pessoas mais humildes são aquelas que mais precisam do poder público, apesar da administração trabalhar para todos os segmentos sociais.
Contudo, se as políticas públicas não chegarem até os mais humildes, eles têm dificuldades de chegar ao poder público. Por isso, eu vou lá na base e em todos os bairros para saber o que de fato está acontecendo. Como eu vim de baixo, eu conheço profundamente o que se passa em cada localidade de nosso município. Na minha infância eu engraxei sapatos e morei em uma invasão na cidade de Goiânia. Por isso, eu sei bem o que é ser tirado de uma invasão e ser levado para outro lugar. Sei o que é morar de aluguel e trabalhar na infância para ajudar a levar o sustento para casa. Minha mãe teve nove filhos e cuidou de todos sozinha.
É importante que a juventude de Anápolis entenda que sou um exemplo de superação. Eu não nasci em berço esplêndido, mas num berço humilde. Apesar disso fui à luta e hoje sou prefeito de Anápolis. Se o jovem tem força de vontade e Deus como referência, logo ele supera todos os obstáculos. Fundamentado nessa premissa temos que ter a força de Davi para enfrentar os gigantes.” Afirmou João Gomes.

João Gomes falou também sobre as realizações de seu governo

            “Quando você pensa em gente, naturalmente se coloca no lugar das pessoas. Para quem não tem casa nós pensamos neles. Construímos casas para mais de sete mil famílias, que sonhavam com sua moradia. Pretendemos fazer mais 4 mil unidades habitacionais no próximo governo, se Deus quiser. Quem não tinha oportunidade de fazer um curso em formação profissional, hoje nós temos diversos cursos para formar o nosso povo. Estamos criando oportunidades para que nossos jovens se capacitem e se integrem com maior facilidade no mercado de trabalho.
Mais de 25 mil jovens já estão integrados no programa do primeiro emprego. Fizemos parceria com o Senai, Senac e CEPA, quando ampliamos as oportunidades para o povo anapolino. Construímos e reformamos praças com equipamentos de ginásticas e, em determinadas localidades construímos pistas para caminhadas.
Anápolis tem hoje quatro parques ambientais e pretendemos construir mais três, pois Anápolis é uma referência na área ambiental no Centro-Oeste brasileiro. E mais, em 2009 nós tínhamos na área da saúde apenas uma unidade UPA - 24 horas.  Hoje nós funcionamos com quatro unidades 24 horas. Em 2009 tínhamos 1800 vagas para creches e hoje temos mais de sete mil crianças assistidas pelos nossos Centros – CMEIS.  Construímos ainda oito CMEIS em parceria com diversas instituições, como igrejas, entre outras. Temos sete CMEIS em construção e vamos inaugurar três deles ainda este ano. Anápolis não pode parar”, comentou o prefeito.

Juventude de Anápolis

Entusiasmado com a Juventude do PSDB que o procurou para apoiá-lo na reta final da campanha, o prefeito disse: “A juventude vai assumir o nosso lugar amanhã. Temos que prepará-los para o futuro. Por isso criamos um cursinho pré-vestibular e preparatório para o Enem, totalmente gratuito. Elaboramos este projeto pensando em nossos jovens, especialmente o jovem de baixa renda. Neste sentido, eles poderão ter o mesmo preparo daqueles que podem pagar um bom curso. Vamos implantar o referido projeto no primeiro ano de governo, caso sejamos eleitos no próximo dia 30 de outubro. Queremos ver os nossos jovens de todos os segmentos sociais estudando em todas as nossas universidades. A juventude precisa de uma atenção especial e precisamos reconhecer o seu papel dentro do processo político. Por isso, eu abri um diálogo efetivo com a juventude no meu governo. Temos que aproveitar desta juventude, nem só a energia, mas as ideias para que possamos avançar. Quero incluir ai: crianças, adolescentes, jovens e idosos”, avaliou João Gomes.

Questão econômica de Anápolis

Perguntamos para o prefeito sobre a posição de Anápolis como 2° PIB no Estado de Goiás, ele respondeu: “Anápolis sempre foi a capital econômica do Estado. Ficamos orgulhosos de poder ajudar a manter nossa cidade como o segundo PIB do Estado. Ressalto que estamos bem acima do terceiro colocado. Contudo a cidade precisa de avançar mais. Por isso estamos propondo um salto de qualidade ainda maior.
A inauguração do aeroporto de cargas que está na fase final de acabamento será nosso carro-chefe para novos avanços. O projeto é importante para Anápolis e também para o Estado, pois teremos uma nova vocação, além do comércio e indústria.
Em breve estará funcionando a logística de transporte que viabilizará definitivamente o nosso centro de distribuição para todo o Brasil.
Vale lembrar que a BR-060 no trecho Brasília a Goiânia, que tem um PIB de 300 bilhões de reais, representa de fato, o terceiro eixo consumidor do Brasil. Somos seis milhões de consumidores e Anápolis é o centro de tudo isso.
A cidade de Anápolis tem 109 anos e ajudou a construir Goiânia e Brasília. Sabemos que as regiões metropolitanas de São Paulo e Rio não têm mais espaços para crescer. Como representamos o terceiro eixo de consumo no País, a tendência é avançar a cada dia. Sonhar é preciso, pois há 18 anos tivemos a ideia do aeroporto de cargas e breve será realidade.
Entendo também que a possibilidade da criação do trem de alta velocidade entre Brasília e Anápolis e Anápolis e Brasília: é um sonho! Contudo, um sonho factível, para nossos avanços. Amanhã esse sonho poderá ser realidade, como virou o nosso aeroporto de cargas que será inaugurado brevemente”, arrematou. 

Eleição do dia 30 de outubro

Perguntamos ao prefeito sobre a receptividade ao seu nome, referente à eleição que será no próximo domingo. Ele respondeu de pronto: “A receptividade é muito boa graças a Deus. É uma cidade cristã e seu povo é muito respeitoso. Nas minhas andanças percebo que existe uma gratidão grande a cerca do que fizemos por Anápolis: Antônio Gomide e João Gomes. A população reconhece as transformações e os benefícios que fizemos. Vale lembrar que em todas as pesquisas, o nosso governo tem aprovação acima da média nacional, o que mostra o reconhecimento de nosso trabalho.
Na disputa eleitoral existem dois projetos no segundo turno, quando a população terá a oportunidade de escolher o projeto que está há oito anos e que preparou Anápolis para o futuro. E o outro que se diz novo. O nosso projeto melhorou a qualidade de vida e o município avançou e está pronto para saltos maiores. O outro projeto ainda não foi testado e dia 30 a população vai escolher: qual dos dois candidatos tem a confiança do eleitor. Vale ressaltar ainda que no primeiro turno, os meus seis concorrentes trouxeram uma discussão nacional para dentro de Anápolis, o que é muito ruim. Quem errou na questão nacional já está pagando pelos seus erros. Cristo veio à terra e foi crucificado por nossos pecados. Não poderemos sacrificar a cidade de Anápolis, por causa dos erros nacionais. Não podemos trazer para Anápolis, um problema que não é nosso. Eu não posso assumir os erros de meu partido, o partido dos trabalhadores em nível nacional. Eles erraram e certamente vão pagar por seus erros. Estamos fazendo um governo histórico na cidade de Anápolis e com alta aprovação popular.
Contudo, para meus opositores, o João Gomes passa a ser ruim, pelo fato de pertencer ao PT. Tentam de todas as formas vincular a questão partidária com a minha candidatura. Entretanto, o povo anapolino sabiamente já separou a questão nacional da boa gestão que estamos fazendo.
A população nos deu aval e, no primeiro turno, entre os sete candidatos eu tive mais de 15 mil votos em relação ao segundo colocado. Isso mostrou a força de nossa administração”, afirmou o prefeito.
O prefeito João Gomes disse que no primeiro turno teve apoio de 11 partidos e agora mais dois partidos estão ao seu lado: “Conversamos com todos os segmentos da política partidária em Anápolis no primeiro e no segundo turno. Não tenho dificuldade de conversar com ninguém. A política passa e continuamos a viver em Anápolis. Por isso temos que cultivar amizades, independente da política partidária. Recebi hoje em meu gabinete a juventude do PSDB, o que foi muito bom. A nossa equipe de jovens pretende trazê-los para dentro de nossos projetos e vamos definir juntos como é que vai se dar o apoio da juventude do PSDB, que é muito bem vinda ao nosso projeto.
Ressalto que a juventude do PHS que veio com o pastor Elismar, está fazendo a diferença. Tanto o pastor Elismar, como toda a sua equipe veio com muita alegria para nos apoiar. Estou muito feliz com os 13 partidos que estão conosco nesta caminhada. Tenho ao meu lado, o ex-prefeito Antônio Gomide que foi o vereador mais votado do Brasil. Hoje ele está dando todo apoio na nossa campanha. Espero com muita humildade, ter o voto de cada um que ler esta reportagem. Até a vitória, se Deus quiser!”, concluiu João Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário