.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

sábado, 29 de outubro de 2016

Tapete vermelho para Iris Rezende

Iris Rezende

Por: Walter Brito

No dia que Iris Rezende aceitou ser candidato a prefeito de Goiânia, eu fui lá vê-lo falar para o povo, num palanque improvisado e de frente a sede do PMDB estadual.
Aos 82 anos de idade, Iris Resende falou por 45 minutos ininterruptos e conseguiu convencer a todos, que esta preparado para administrar a cidade pela terceira vez, município pelo qual ele tem verdadeira paixão. Iris mostrou ainda com todas as letras para os cidadãos idosos de todo o País, que o ser humano pode continuar produzindo efetivamente, após os 80 anos. Naquela ocasião Iris foi interrompido apenas pela chegada ao palanque do Ronaldo Caiado, quando em 30 segundos o velho guerreiro do PMDB cumprimentou o senador da República e tomou um copo d’água.
          Naquele dia eu me lembrei do tapete vermelho, que foi estendido em um palanque na cidade de Flores de Goiás para Iris Rezende pisar. A audácia foi do prefeito  à época, Mercedes Ribeiro de Miranda e meu irmão Wagner Brito. Este, no último 2 de outubro se elegeu vice-prefeito daquela cidade onde nasceu o meu querido pai, o honrado alfaiate Vespasiano Gualberto de Brito. O Wagner Brito foi prefeito de Flores de Goiás de 1989 a 1993. Em seguida ele foi diretor da FEMAGO, por meio de um convite do então governador Iris Rezende.
          Voltando ao discurso do Iris, a partir daquele momento, eu me senti na obrigação de convocar por meio das redes sociais, as colônias em Goiânia, das 20 cidades do
Entorno de Brasília, bem como dos 20 municípios do Nordeste Goiano. Veja os municípios do Entorno e do Nordeste Goiano:




·                                  





É sabido que 45 mil eleitores dos referidos municípios vão votar no dia 30 de outubro em Goiânia. Como Iris Rezende, foi de fato, o melhor governador para as duas regiões em seus governos, eu continuo na luta e reconheço o trabalho árduo e profícuo de Iris em prol de nossas cidades. Por isso peço votos aos meus coestaduanos para o 15, pois o velhinho é demais e, está produzindo mais que grande parte daqueles que se dizem jovens. Apelo e reafirmo: se você é oriundo do Entorno ou Nordeste goiano-, dê o seu voto para Iris Rezende – 15. Ele honrará!
         E mais, quando eu dirigi a Fundação Cultural Palmares, órgão à época vinculado à presidência de República, fui levar ao gabinete do ministro da justiça, Iris Rezende Machado, o maior showman do Brasil em todos os tempos, o cantor e músico Wilson Simonal. Para quem não sabe, nos anos 60 e inicio dos anos 70, Simonal era mais famoso que Roberto Carlos. Tocava todos os instrumentos musicais, falava cinco idiomas fluentemente e sua voz e ritmo eram inimitáveis.
Ele foi acusado injustamente como dedo duro da Ditadura Militar. Por isso foi banido injustamente da mídia. Iris Rezende mandou dar uma vasculhada em seu processo no ministério da justiça e ao final saiu o veredito, que Simonal nunca foi Dedo duro da Ditadura e tudo foi armação para banir o negão da mídia. Simonal fazia muito sucesso no Brasil e no exterior.
Pena que a burocracia do serviço público só permitiu que o habeas data que livrava o Simonal da denúncia fictícia, só saiu após a sua morte. Entretanto foi Iris Rezende quem deu o chute inicial para abrir o processo e provar a inocência do autor de Sá Marina e País Tropical.
         Naquele dia, Iris Rezende estava muito feliz e em 15 minutos contou para este repórter e o Wilson Simonal, a história do tapete vermelho em Flores de Goiás.  Certamente esta história vai ajudar os 45 mil eleitores do Entorno de Brasília e Nordeste Goiano que votam em Goiânia; a refletirem e na boca da urna: contribuírem com a vitória acachapante de Iris Rezende, no domingo dia 30 de outubro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário