.Prefeitura de Hidrolândia

.Prefeitura de Hidrolândia

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

AS BOMBÁSTICAS REVELAÇÕES DE: TRUMP, CLETO FALCÃO E DILMA!

Donald Trump
Cleto Falcão
Dilma Rousseff
Por: Walter Brito

As três personalidades aí da manchete desta matéria, certamente revelaram e ainda revelam coisas que mexeram e ainda mexem muito com as pessoas. O dublê de galanteador e capicongo do mundo endinheirado, Donald Trump, nos últimos dias tem chamado a atenção da mídia no Planeta Terra. Ele é um dos homens mais ricos dos EUA. Por isso, muitos falam que está disposto a comprar tudo e todos, entre o céu e a terra, desde que possam contribuir com sua mudança para a Casa Branca: um sonho de infância.
Os opositores de Trump sugerem, que o empresário pode ter comprado autoridades importantes, que explodiram com o caso dos e-mails privados de Hillary Clinton. Consequentemente a democrata desabou nas pesquisas, o que permitiu a ascensão do republicano. Segundo as últimas pesquisas de intenção de votos, ele poderá vencer as eleições do próximo dia 8 de novembro nos Estados Unidos da América. Trump foi denunciado por Hillary Clinton, por supostamente ter molestado dezenas de mulheres: loiras, negras e ruivas; bonitas e feias; altas e baixas; gordas e magras, principalmente modelos- : suas preferidas. Segundo um semanário de Nova Iorque : a mulher pesou 30 quilos e passou em sua frente – logo, o Trump cai para dentro!

Trump era amigo de um saudoso brasileiro

O bilionário é bom de farra e se tornou amigo de um brasileiro que faleceu em 2011. No ano de 2004 eu me encontrei no restaurante Piantella em Brasília, com o ex-deputado federal de Alagoas pelo PRN, o Cleto Falcão. Ele disse-me que precisava de meus préstimos para escrever o último livro de sua vida: “ Dez Anos de Silêncio”. Naquela noite de reencontro do Cleto com Fernando Collor, pois tinham ficado distantes por dez longos anos, por causa do impeachment do alagoano presidente. Os dois comandantes da República de Alagoas em Brasília no início dos anos 90: degustaram generosas doses da caríssima Vodk Russa Stolichnaya Elite, quando Collor palpitou sobre o livro de seu ex-líder na Câmara.
Após o encontro com o ex-presidente, eu e Cleto decidimos que ele seria hóspede em meu apartamento na 315 Sul, até o término de sua obra, onde eu daria alguns pitacos. Dito e feito, o Cleto se hospedou em minha residência por um ano e dois meses. Foi o tempo necessário para ele concluir o livro que revelaria muitos segredos, entre eles o capotamento de uma Mercedes em Paris, que o Collor estava dirigindo em plena Avenida Champs- Elysées. O acidente ocorreu às vésperas do lançamento da campanha de Collor para presidente do Brasil. Cleto disse que assumiu a responsabilidade de ser o piloto e pediu para Fernando Collor pegar um táxi e se dirigir ao hotel. Depois de outro encontro com o Collor, a referida história foi retirada do livro.
Contudo, a história mais interessante para mim, publicada no referido livro, se deu na maior e mais badalada cidade norte-americana. Conta Cleto, que foi com o presidente do Brasil aos EUA, oportunidade em que Fernando Collor faria um pronunciamento na Assembleia Geral da ONU. Os dois astros da política brasileira naquele período, se hospedaram com as respectivas esposas no Trump Hotel em Nova Iorque. Junto com eles, suas respectivas esposas: Cristina Falcão e Rosane Collor. No dia do evento, o Cleto comprou na loja Macy’s em Manhattan -, um belo terno branco para o evento. Ele queria ver o amigo que ajudou a virar presidente, fazer um pronunciamento na ONU. O terno branco fazia parte de uma promessa feita para Santo Expedito, o Santo das causas urgentes.
Durante a campanha para presidente da República em 1989, Cleto era o coordenar - geral da campanha no Rio de Janeiro. Num certo dia naquele período, o coordenador Cleto e seus dois principais assessores, passaram um grande susto na aeronave que os conduzia, apesar de ser um dos jatos mais modernos à época. Com receio do avião cair, Cleto fez uma promessa para São Expedito. Se o avião não caísse ele usaria roupas brancas, todas as sextas-feiras pelo resto de sua vida. Como o evento na ONU era numa sexta, ele não pensou duas vezes e comprou o famoso terno.
Vale ressaltar, que os assessores do Cleto que estavam no avião eram: Leleco Barbosa, o filho do Chacrinha e o então desconhecido Eduardo Cunha. Trata-se do mesmo Eduardo Cunha que presidiu a Câmara dos Deputados, 26 anos depois daquele acontecimento.
No dia do evento da ONU, ao sair de seu apartamento, quando Falcão entrou no elevador para descer e se encontrar com o Collor no hall do luxuoso hotel; eis que entra um bêbado com um copo de Wisk nas mãos e sem querer derrama o líquido escocês no terno branco do parlamentar brasileiro. O sonho de quem ajudou a inventar um presidente e gostaria de vê-lo na ONU fazendo pronunciamento, em nome dos alagoanos e brasileiros acabaria ali. Bem humorado que era o pai da jornalista e apresentadora da TV Record Tainá Falcão, ele respondeu a estupidez do bêbado com a máxima: “eu gostaria que você derramasse uma garrafa inteira de seu wisk no meu terno branco”.
O bêbado era Donald Trump. Com o sorriso amarelo Trump chamou Cleto para uma rodada de Wisk em sua suíte presidencial, o que foi aceito de imediato. O brasileiro pediu ao motorista que avisasse ao presidente Collor do ocorrido e cancelou sua ida a ONU.
Na mesa de Wisk surgiu uma amizade que durou até a morte do brasileiro, no dia 24/09/2011. Trump enviou uma coroa de flores e uma mensagem de pêsames para a família Falcão em Maceió.
Voltando ao badalado encontro, no outro dia e depois do porre; o Cleto recebeu um comunicado do gerente do Trump Hotel, que Donald Trump tinha disponibilizado um helicóptero para o casal Falcão e também para a convidada do deputado brasileiro, a deputada Roseana Sarney e o marido Jorge Murad Filho; que seriam hóspedes Vips no Resorts Casino Hotel Atlantic City. Por lá passaram três dias por conta do anfitrião Donald Trump.
Esperamos que Hillary Clinton vença as eleições do dia 8 de novembro nos EUA. Mas se Trump for o vencedor, que o espirito de Cleto Falcão nos ajude e, que o endinheirado louco não prejudique ainda mais o Brasil, onde o funcionário público vai pagar quase a metade de seu salário em imposto de renda, além da decadência na economia.
Ao falecer em 2011, Cleto Falcão levou junto com ele, as histórias que não foram contadas de: Cláudia Raia, Marília Gabriela e Belisa Ribeiro, ocorridas na mansão cinematográfica do deputado alagoano, no Lago Norte em Brasília e, em plena era Collor! Foi lá no fundo do quintal da casa do Cleto, no Lago Paranoá, que o Jet Ski foi lançado em alto estilo, pelo presidente desportista.

Dilma Rousseff vem aí novamente

Tal qual Trump e Cleto Falcão, Dilma Rousseff tem seus segredos e pretende revelá-los brevemente. Tudo deve acontecer em fevereiro do ano que vem, por meio de um romance policial. Artistas para o romance certamente não faltarão. Como a presidenta não fará nenhuma delação premiada, talvez o seu romance possa revelar segredos muito mais bombásticos, que a Lava Jato revelou.
Por outro lado, para quem se hospedava no Ritz Hotel de Lisboa, cuja diária foi de R$ 26, 200,00 (vinte e seis mil e duzentos reais) , a ex-presidenta agora mora num prédio de apartamentos, que não tem sequer porteiro e nem garagem no sub- solo. Línguas Maldosas falam aos quatro ventos, que Dilma está com saudades do tempo em que vivia com o jornalista Cláudio Galeno em Belo- Horizonte, onde a residência dos dois era bem modesta.
Acredito firmemente, que a obra que Dilma Rousseff está escrevendo a todo o vapor: será Best Seller! Em homenagem a viagem que fiz para a Nicaragua, junto com os jornalistas: Cláudio Galeno e Oséas de Carvalho, no período que Dilma era ministra da Casa civil; eu gostaria de sugerir um nome para o livro da única presidenta que governou o nosso país: “Brasil: o país dos contrastes”. Acho que virá a calhar com a vida luxuosa que a ex-guerrilheira teve no poder e, a forma franciscana que ela optou no pós - poder. E mais, a sua clausura é localizada no Bairro da Tristeza, na cidade de Porto Alegre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário